UM OLHAR SOBRE O PATRIMÔNIO: LEVANTAMENTO DA ACESSIBILIDADE DO CONJUNTO ARQUITETÔNICO DA BASÍLICA DO SENHOR BOM JESUS DE MATOSINHOS, CONGONHAS -MG

Franciele Maria Costa Ferreira, Henor Artur de Souza

Resumo


Neste trabalho discutem-se questões ligadas à acessibilidade ambiental a partir do estudo de caso de um objeto arquitetônico de grande relevância histórica e artística mundial que é a Basílica do Senhor Bom Jesus de Matosinhos em Congonhas, Minas Gerais. Para isso foi realizado um levantamento bibliográfico sobre acessibilidade ambiental, turismo inclusivo e acessibilidade a bens culturais. Esta investigação adotou a Tabela de Descrição das Rotas, desenvolvida como ferramenta metodológica pelo Núcleo Pró-acesso da UFRJ e o Uso do Método de Percursos Comentados do sociólogo francês Jean- Paul Thibaud como metodologia. Os dados obtidos nos permitem apontar para o paradoxo entre um espaço que apresenta grandes deficiências e diversas barreiras arquitetônicas e ainda sim recebe todo ano milhares de pessoas e/ou turistas. Tudo isso nos levou a questionar sobre a necessidade de se levar o Símbolo Internacional de Acesso ao que já é considerado Patrimônio Cultural da Humanidade.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.