PROMOVENDO A INCLUSÃO: UMA EXPERIÊNCIA DE PARTICIPAÇÃO DE PESSOA COM DEFICIÊNCIA VISUAL NO DESENVOLVIMENTO DE UM PROJETO ARQUITETÔNICO

Ana Thereza Faria, Gleice Azambuja Elali

Resumo


Inclusão é palavra de ordem na sociedade atual, refletindo-se em pesquisas e ações relacionadas às mais diversas áreas de conhecimento. Nos setores ligados ao espaço construído, notadamente no campo da arquitetura e do urbanismo e do design, a preocupação com a inclusão reflete-se diretamente na qualidade ambiental. Nesse sentido, é imperativo extrapolar o campo da acessibilidade física (eliminação de barreiras arquitetônicas e informacionais) e criar instrumentos para a incorporação das vozes dos futuros usuários à tomada de decisões e às várias etapas do projeto. Seguindo essa tendência e aliando-se à promoção da inclusão de pessoas com deficiência nas mais diversas atividades sociais, esse artigo apresenta a experiência de um projeto de reforma residencial que envolveu a participação de uma pessoa com deficiência visual no processo de projetação (da edificação e de interiores), correspondendo a uma intervenção ergonômica no ambiente construído (referencia omitida, ano). O texto está especialmente centrado no método de trabalho desenvolvido.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.