AVALIAÇÃO ERGONÔMICA DAS FUNÇÕES E ATIVIDADES DA HABITAÇÃO: ÁREAS EXTERNAS – EXPECTATIVAS E NECESSIDADES DE CONFORTO, BEM ESTAR E AUTONOMIA DE IDOSOS APTOS (SAUDÁVEIS)

Isabela Belini, Roberta Consentino Kronka Mulfarth

Resumo


Este artigo mostra o desenvolvimento e resultado da Iniciação Científica “Avaliação Ergonômica das funções e atividades da habitação: área externas – Expectativas e necessidades de conforto, bem estar e autonomia de idosos aptos (saudáveis)”, que insere-se no Projeto Temático da FAPESP “Biometeorologia Humana - análise dos efeitos da poluição atmosférica e mudanças climáticas em população geriátrica em São Paulo”. Realizada junto à FAU USP, no Laboratório de Tecnologia (LABAUT), e financiada pela FAPESP, essa pesquisa estuda a avaliação ergonômica – acessibilidade e mobilidade - das áreas externas à habitação, focada às necessidades de idosos aptos. Seu objetivo principal é apresentar o método criado para a verificação dos aspectos relacionados ao conforto ergonômico dessas áreas, e propor modificações para agregar valores à qualidade de vida dos indivíduos na atividade de “morar”.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.