ERGONOMIZAR NOSSAS AÇÕES: UM ESTUDO DE CASO SOBRE O PROCESSO DE ERGONOMIA DA BRASKEM UNIB 2 RS

Nelson Beuter Júnior, Márcio Alex Kubiczewski Rocha, Pablo Ricardo Barrera, Paulo Roberto Cidade

Resumo


A busca pelo bem-estar aliado à produtividade, é uma tendência inevitável no arcabouço da segurança e saúde do trabalho. A ergonomia participativa apresenta-se como uma alternativa interessante como solução a esta tendência. O profundo envolvimento do trabalhador no processo, aliado à facilidade de implementação do método, permite que a NR-17 seja cumprida sem maiores dificuldades. O estudo de caso da Braskem UNIB 2 RS, que utiliza a estratégia SOBANE como referência metodológica de implementação da ergonomia participativa, traz elementos que mostram ser possível buscar o bem-estar no ambiente laboral, com manutenção da produtividade.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.