A ergonomia no licenciamento de instalações nucleares

Isaac Luquetti, Paulo V. Rodrigues

Resumo


O principal objetivo deste artigo é mostrar como a análise da atividade dos operadores de sala de controle pode ser usada para a melhoria do processo de licenciamento de aspectos de fatores humanos de uma instalação nuclear. O estudo apresenta uma metodologia para avaliação de salas de controle de reatores nucleares, incluindo a análise da atividade de uma situação real ou de referência, ainda não inserida na prática usual de licenciamento no setor nuclear. A partir da análise da atividade dos operadores emergem informações vitais para a segurança do sistema, que não são inteiramente cobertas pelas normas e guidelines de fatores humanos atualmente utilizadas. Estas informações são relacionadas a aspectos de monitoração, resolução de problemas, estratégias de operação, carga de trabalho, enfim, identificando problemas que afetam a segurança da operação e o desempenho dos operadores. O objetivo da metodologia é fornecer subsídios para o setor de licenciamento nuclear, contribuindo para a melhoria da segurança de operação, possibilitando a adequação das salas de controle às exigências do órgão responsável pelo licenciamento e fiscalização nuclear.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.