A VISÃO DE COSTUREIRAS EM RELAÇÃO A SEUS POSTOS DE TRABALHOS E OS PROBLEMAS RELACIONADOS AO MESMO

Mauro Lúcio Mazini Filho, Thalyta Proença, Rafael Savoia, Thalyta Proença, Rafael Savoia, Gabriela Venturini, Bernardo Rodrigues, Gabriela Venturini, Felipe Martins, Bernardo Rodrigues, Dihogo Matos, Felipe Martins, Dihogo Matos

Resumo


Este artigo objetiva demonstrar como a ergonomia pode melhorar o posto de trabalho das costureiras, trazendo por meio de métodos ergonômicos confiabilidade a seus processos e a redução do custo causado por condições inadequadas de trabalho. Foi realizada uma pesquisa com as costureiras de uma determinada empresa para diagnosticar os principais problemas relacionados à execução do trabalho das mesmas, levando em consideração que o ato de costurar é considerado um trabalho de risco, visto que se não for desempenhado de maneira segura pode trazer sérios danos a saúde das colaboradoras. Através dos resultados obtidos é possível propor diagnósticos que possam melhorar a qualidade de vida das costureiras durante a execução do seu trabalho e no seu dia a dia dentro da empresa, tendo a ergonomia como base para diagnosticar as soluções.

Palavras-chave: Ergonomia, Postos de trabalho, Costureiras.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.