ABORDAGEM DA ATIVIDADE FUTURA NO TRABALHO DE DESCOQUEAMENTO DE UMA REFINARIA DE PETRÓLEO: REFLEXÕES A PARTIR DE UM ESTUDO DE CASO

Daniela da Silva Rodrigues, Andréa Regina Martins Fontes, João Alberto Camarotto

Resumo


As refinarias são compostas por um conjunto de fábricas que transformam o petróleo bruto em uma variedade de derivados do produto, como: gasolina automotiva, gasolina de avião, óleo diesel, gás de cozinha, gás natural, coque. As atividades de produção desses derivados são caracterizadas pela presença de penosidades e riscos de acidente aos operadores, visto que são bastante complexas e perigosas. Os dados apresentados nos estudos foram desenvolvidos a partir de uma parceria entre o grupo de pesquisa Ergo&Ação da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e uma refinaria de petróleo, localizada no estado de São Paulo. A origem da estava relacionada ao Relatório de Tratamento de Anomalias (RTA) da empresa, registro sobre a ocorrência de um acidente de trabalho na unidade de coque, especificamente na operação de descoqueamento. Para o desenvolvimento das análises buscou-se situações de referências ou similares a fim de identificar fatores potenciais de riscos e compreender os possíveis condicionantes na tentativa de prever situações de sobrecarga como forma de auxiliar na concepção de um novo posto de trabalho. Os pressupostos teóricos foram pautados na Abordagem da Atividade Futura (AAF) que consiste no levantamento prévio das situações de referência como critérios para a concepção de projetos futuros. Os resultados apontados indicaram a possibilidade de lesões graves ao operador na abertura do reator devido à presença de intensa vaporização, impedindo a visão do operador, além de alta pressão e temperatura elevada (200°C). A intervenção direcionou a refinaria a desenvolver uma cabine para a permanência do operador durante a operação de abertura do reator, critério elencado na análise da situação de referência. Intervenções ergonômicas em sistemas complexos e perigosos, como a refinaria, são cada vez menos recorrentes porque é apenas nas paradas das unidades (periodicidade baixa), que modificações desta grandeza podem ser realizadas.

 


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.