ATRIBUTOS DA QUALIDADE DE CAPACETE PARA MOTOCICLISTA: A PERCEPÇÃO DOS PROFISSIONAIS MOTOFRETISTAS E MOTOTAXISTAS

Marcia Helena dos Santos Bento, Flamarion Neves, Alberto Souza Schmidt, Thiago Favarini Beltrame

Resumo


O objetivo deste trabalho é fazer um levantamento das percepções dos usuários profissionais de motocicletas sobre as qualidades do capacete como equipamento de trabalho obrigatório. A área de estudo é a cidade de Santa Maria – RS, no ano de 2010, cujo cenário mapeou a evolução da frota de motocicletas e a atividade profissional do motofrete e mototáxi. A metodologia aplicada nessa dissertação é exploratória de natureza quantitativa com aplicação de 291 questionários da amostra representativa de 1200 profissionais, para levantar as percepções de satisfação e importância quanto aos usos e qualidades dos capacetes. A viseira foi apontada como o item gerador de insatisfação embora atribuída como importante. A pesquisa norteou-se pelo enfoque no usuário, “adequação ao uso”, e apresentou as seguintes dimensões da qualidade: Desempenho, Conforto, Durabilidade, Assistência Técnica e Estética, classificando-as em igualdades de “satisfação” e “importância”, exceto os itens fecho, acessórios, ventilação, protetor de nuca e viseira.

 


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.