UFPB PARA TODOS: TRILHANDO CAMINHOS...

Marjorie Maria Abreu Gomes, Yasmin Ramos Peregrino, Pedro Venâncio Coura, Rodrigo Alcântara de Souza, Bruna Ramalho Sarmento, Angelina Dias Leão Costa

Resumo


O espaço universitário, reconhecido como paradigma de democracia, deve ter um planejamento físico-espacial que permita livre acesso da sociedade acadêmica, tenha ela ou não deficiência. Este artigo apresenta os resultados parciais do Projeto INCLUIR 2011 “UFPB para todos: eliminando barreiras”, que oferece subsídios à inserção da universidade no contexto da acessibilidade, propondo a eliminação de barreiras, por meio da elaboração de um projeto arquitetônico para uma rota acessível no Campus I da Universidade Federal da Paraíba e execução física de um trecho piloto dessa rota, interligando seus edifícios mais representativos. A metodologia aplicada reuniu técnicas como o walkthrough, a vivência de acessibilidade e a aplicação de um roteiro de avaliação, gerando um diagnóstico detalhado que permitiu a escolha do trecho piloto, interligando a biblioteca central ao restaurante universitário, espaços amplamente utilizados pela população. O projeto desse trecho, com cerca de 185m, contempla as diretrizes gerais que serão adotadas no projeto de toda a rota e sua execução permitirá a aplicação de testes de verificação e ajustes no projeto. Assim, a UFPB tornar-se-á mais inclusiva.

Palavras–chave: espaço universitário, acessibilidade, rota acessível.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.