AVALIAÇÃO CONDIÇÕES DE RUÍDOS GERADOS POR ESCOLA NA CIDADE DO RECIFE

Valeria de Barros Viana

Resumo


Neste trabalho foi descrito um método de avaliação técnica que foi  utilizado para caracterizar as condições acústicas a que está submetida uma residência localizada no bairro de Boa Viagem em Recife, Pernambuco, com objetivo definir o nível de ruído de origem exterior gerado por atividades desenvolvidas por um estabelecimento com fins educacionais que se encontra adjacente à edificação receptora.  Considerando-se as exigências das normas de isolamento acústico que estabelecem os níveis máximos permitidos de ruídos em função de horário e zoneamento da cidade, foram efetivadas medições de acordo com o que especifica a ABNT: NBR 10.151 e 10.152 e a resolução 01/90 do CONAMA. A elaboração do método avaliativo teve como base os horários seqüenciais de funcionamento de forma que para cada dia ocorresse no turno diurno uma amostra randômica no período da manhã uma vez que à tarde o ruído gerado nas dependências da escola é inexpressivo do ponto de vista de incomodidade. No método proposto também foram inseridos os usuários como fonte de informação do grau de incomodidade do ruído, bem como fatores de delimitação e repetição das medições. Das conclusões obtidas evidencia-se que o método utilizado pode ser replicado para avaliações de ruídos externos às edificações, e de qualquer fonte de ruído aéreo, e que o usuário tem um papel fundamental na avaliação subjetiva que confrontada com a avaliação física mostrou-se compatível com um quadro de poluição sonora. Ressalta-se ainda que estudos desta natureza evidenciaram algumas lacunas nas normas relativas às escolas, uma vez que só legislam para níveis de ruídos admissíveis em salas de aulas tendo em vista o conforto dos alunos.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.