AVALIAÇÃO DA CARGA DE TRABALHO FÍSICO EM TRABALHADORES DE UMA FUNDIÇÃO ATRAVÉS DA VARIAÇÃO DA FREQUÊNCIA CARDÍACA E ANÁLISE ERGONÔMICA DO TRABALHO

Bruna Angela Antonelli

Resumo


O gasto energético de uma atividade é entendido como a taxa de produção de energia do corpo. A carga de trabalho éuma medida quantitativa e/ou qualitativa do nível de atividade motora, fisiológica e mental necessária à realização de umtrabalho. As atividades laborais desenvolvidas nas indústrias de fundição são consideradas como uma forma de trabalhopesada, na qual geram uma carga estática e dinâmica, que envolve carregamento e transporte de peso. O presente estudo tevecomo objetivo avaliar a carga de trabalho físico de colaboradores de uma fundição, através da análise ergonômica do trabalho evariação da frequência cardíaca. Para as condições sob as quais foi realizado o estudo, as atividades desenvolvidas no setor defundição geram maior carga osteomuscular em coluna lombar e membros superiores, devido a posturas estáticas e sobrecargaosteomuscular. O transporte de carga excede as capacidades e limitações humanas, havendo a necessidade de mudanças doprocesso de produção, definindo o limite máximo para movimentação manual de cargas. Mediante os valores da frequênciacardíaca atingida pelos trabalhadores avaliados, em todas as atividades, esse valor excede a capacidade vascular, ou seja, ovalor ideal da frequência cardíaca. Dessa forma, ressalta-se a necessidade de melhorias do ambiente laboral, a fim de alcançaruma adequada harmonia destes aspectos ergonômicos, pois se torna fundamental na qualidade de vida do trabalhador.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.